5 lugares no mundo para onde ninguém pode viajar Listas
5 lugares no mundo para onde ninguém pode viajar

5 lugares no mundo para onde ninguém pode viajar

Rodrigo Rocha Rodrigo Rocha Publicado em 4 de janeiro de 2017

As coisas mais sedutoras na vida são muitas vezes aquelas que estão fora dos limites. Como viajantes, isso significa que ficamos obviamente fascinados por lugares que não estamos autorizados a visitar.

De uma ilha isolada do Pacífico sem água corrente para uma base de espionagem no melhor estilo James Bond, na Inglaterra, a BBC Travel fez uma lista de 5 dos lugares mais secretos do mundo. Saiba agora quais são eles:

1. Svalbard Global Seed Vault, Noruega

 

Foto: Daniel Sannum Lauten/AFP/Getty

Foto: Daniel Sannum Lauten/AFP/Getty

 

Se o mundo sofrer enorme desastre natural e a população, infraestrutura e fontes de alimentação na Terra forem devastadas, quem poderá salvar o que restar? Esta é a missão da Svalbard Global Seed Vault, na Noruega, o último refúgio da humanidade contra uma crise alimentar mundial.

Localizado a 120 metros dentro de uma montanha de arenito na ilha norueguesa de Spitsbergen, no remoto arquipélago do Svalbard Ártico, a 1.300 km do Pólo Norte, o Svalbard Global Seed Vault é o banco de sementes mais seguro e robusto do mundo.

 

Sementes guardadas no banco / Foto: Ernesto Benavides/AFP/Getty)

Sementes guardadas no banco / Foto: Ernesto Benavides/AFP/Getty)

 

Inaugurado em fevereiro de 2008, o cofre protege as plantações da Terra contra a catástrofe global. Com 250 milhões de sementes de todo o mundo embaladas em pacotes especiais de quatro camadas e seladas a calor para proteger contra a umidade, fornece amostras de sementes que podem ser perdidas devido a acidentes, falhas de equipamentos, cortes de recursos e desastres naturais.

 

Foto: Berit Roald/AFP/Getty

Foto: Berit Roald/AFP/Getty

 

Há uma razão pela qual os cientistas escolheram o Spitsbergen: a ilha não é abalada pela atividade tectônica e está 130 metros acima do nível do mar, o que assegura que o local permanecerá seco mesmo que o aquecimento global cause o derretimento das calotas polares

2. Ni’ihau, Havaí

 

Foto: wikipedia.org

Foto: wikipedia.org

 

Ni’ihau, a menor ilha havaiana habitada, pode parecer a fuga tropical ideal, já que é um paraíso repleto de palmeiras balançando, animais em risco de extinção e virtualmente nenhum turista. Mas a ilha está fora dos limites para os forasteiros desde 1915.

A vida por lá é incomum: seus aproximadamente 130 habitantes permanentes, todos havaianos nativos, vivem sem pagar aluguel, mas também sem estradas pavimentadas, telefone, encanamento, água corrente ou lojas. O transporte é todo feito a cavalo ou de bicicleta, a eletricidade vem de energia solar e os alimentos são entregues na ilha por embarcações.

 

Foto: wikipedia.org

Foto: wikipedia.org

 

Embora minúsculo, o lugar tem boas histórias. Foi lá que, após o ataque a Pearl Harbor, um piloto japonês de caça da marinha caiu na ilha e aterrorizou seus moradores por uma semana. Em 1944, o então presidente dos EUA, Franklin Roosevelt, considerou Ni’ihau como um possível local para a sede das Nações Unidas.

Ninguém pode visitar a ilha sem um convite de alguém que mora nela. Passeios de helicóptero ou de barco ao largo da costa são as únicas outras maneiras de chegar perto.

3. Royal Air Force Menwith Hill, Inglaterra

 

Foto: Christopher Furlong/Getty

Foto: Christopher Furlong/Getty

 

Se James Bond tivesse um bunker secreto, seria esse. A base militar RAF Menwith Hill, em North Yorkshire, Inglaterra, é tida como a maior estação de monitoramento eletrônico do mundo, interceptando comunicações para reunir informações para o Reino Unido e os Estados Unidos.

A base top-secreta foi construída em 1954 para monitorar as comunicações da Guerra Fria da União Soviética. Ninguém sabe ao certo como ela é usada hoje, mas a suposição é de que o lugar serve para investigar ações terroristas e o tráfico de drogas, além de ser uma estação terrestre para os satélites dos EUA.

 

Foto: Christopher Furlong/Getty

Foto: Christopher Furlong/Getty

 

Há que acredite também que a base tenha ligações com Echelon, rede global de vigilância e espionagem composta por Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e os EUA. As únicas pessoas autorizadas a entrar lá são membros da NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) e da própria Echelon.

4. Arquivos Secretos do Vaticano, Vaticano

 

Foto: Gabriel Bouys/AFP/Getty

Foto: Gabriel Bouys/AFP/Getty

 

O Arquivo Secreto do Vaticano não é uma biblioteca comum. Lá estão documentos pessoais de todos os papas. Fechado a todas as figuras não-vaticanas até 1881, o arquivo mantém em sigilo absoluto boa parte da história da Igreja Católica: estima-se que haja 85 km de prateleiras com mais de 35.000 volumes.

Somente pesquisadores qualificados em processos de seleção longos e difíceis podem solicitar cartões de entrada no lugar. Para isso, é preciso incluir informações pessoais sobre o bolsista, a finalidade de sua pesquisa e uma carta introdutória de um instituto de pesquisa ou um pesquisador qualificado em pesquisa histórica.

 

Domo da Basílica de São Pedro / Foto: Filippo Monteforte/AFP/Getty

Domo da Basílica de São Pedro / Foto: Filippo Monteforte/AFP/Getty

 

Entre os tesouros históricos do arquivo? O touro papal 1521 do Papa Leão X excomungando Martinho Lutero e lançando a Reforma; transcrições do século XIV do julgamento dos Cavaleiros Templários; correspondências de Michelangelo (século XVI) e Abraham Lincoln (século XIX); e um touro papal de 1.198 chamando para uma quarta cruzada para a Terra Santa.

5. Área 51, Nevada

 

O portão dos fundos da Área 51 / Foto: wikipedia.org

O portão dos fundos da Área 51 / Foto: wikipedia.org

 

O que acontece em Vegas, fica em Vegas, certo? O mesmo poderia ser dito de um local secreto localizado a cerca de 80 milhas ao norte. A Área 51, termo usado pela primeira vez em um documento de Guerra da CIA, era uma base militar e aeródromo conhecido por manter segredos de Estado.

O que acontece lá? Eles dissecam aviões alienígenas? Produzem armas de laser? Testam aeronaves experimentais? A CIA não dá detalhes e a verdade é que nós nunca saberemos ao certo. Todas as atividades na Área 51 são consideradas seguras e o acesso é estritamente proibido a pessoas de fora, embora muitas tentem.

 

Para ver a matéria original, em inglês, clique aqui.

 

Rodrigo Rocha
rodrigo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com