Indiana de 30 anos é a mulher mais jovem a pilotar um Boeing 777 Gente
Indiana de 30 anos é a mulher mais jovem a pilotar um Boeing 777

Indiana de 30 anos é a mulher mais jovem a pilotar um Boeing 777

Rodrigo Rocha Rodrigo Rocha Publicado em 1 de agosto de 2017

Uma indiana de 30 anos se tornou a mulher mais jovem do mundo a pilotar um Boeing 777. Num ambiente em que, na maioria das vezes, é reservada para as mulheres a carreira comissária de voo (apenas cerca de 5% do pilotos em todo o mundo são do sexo feminino), a história de Anny Divya, nascida em Pathankot, é inspiradora.

Anny queria se tornar um piloto desde criança. Em entrevista ao site hindustantimes.com, ela contou como conseguiu realizá-lo. Filha de militar, ela cresceu na cidade de Vijaywada quando seu pai decidiu se aposentar.

 

A post shared by Anny Divya (@anny_divya) on

 

As crianças riam de seu sonho; naquele período, o mais comum era que meninos e meninas da idade dela fossem estimulados a se tornar engenheiros ou médicos. Os pais de Anny, entretanto, a apoiaram desde cedo. De origem modesta, ela conseguia ler e escrever em inglês, mas falar era um grande desafio. Aos 17 anos, saiu da cidade onde morava e, com um financiamento feito por seus pais, foi estudar numa escola de voo em Uttar Pradesh.

O voo para a vitória

Quando terminou seu treinamento, aos 19 anos, ela conseguiu um emprego com a Air India e foi ao exterior pela primeira vez, mais precisamente para a Espanha, onde treinou ainda mais. No retorno, pilotou, ainda aos 19, um Boeing 737.

 

A post shared by Anny Divya (@anny_divya) on

 

Aos 21, em Londres, participou de treinamentos adicionais e começou a pilotar o Boeing 777. “Tenho orgulho de dizer que a Índia liderou o resto do mundo, incluindo os países desenvolvidos, quando se trata de pilotos femininas. Na Índia, 15% mulheres voam como pilotos de avião, enquanto a média global é de apenas 5%”, revela.

 

Veja a matéria original aqui.

 

Rodrigo Rocha
rodrigo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com