O que você precisa saber para viajar de carro com seu pet Dicas
O que você precisa saber para viajar de carro com seu pet

O que você precisa saber para viajar de carro com seu pet

Kady Albuquerque Kady Albuquerque Publicado em 5 de janeiro de 2017

Os animais de estimação costumam sentir saudades dos seus donos quando eles viajam. Alguns donos preferem deixar seus pets em casa com algum cuidador ou em hoteizinhos, mas também é possível inseri-los na aventura, levando em consideração as características de cada animal. Hoje vamos trazer dicas para decidir se é possível ou não viajar com seu pet de carro.

Vamos viajar, gatinho?

 

viagem-pet-carro-gato

 

Bem, existe um senso comum de que gatos preferem a casa aos donos, mas isso é só uma interpretação equivocada dos felinos. Os gatos são tão apegados aos donos quanto os cachorros, mas demonstram de maneira diferente. Essa impressão se dá porque os felinos amam a rotina e um ambiente seguro, ou seja, sua casa. Tirá-los de casa deve ser uma decisão muito bem planejada, mas não é impossível.

No entanto, aconselhamos que o gato viaje apenas em situações completamente necessárias, como mudança para outra cidade ou se você vai passar uma temporada muito longa fora e não tem quem vá cuidar deles em casa.

Se ele tiver que viajar com você, tente minimizar o estresse, acostumando-o antes com a casinha de transporte e também a andar em coleira. Durante a viagem de carro, também é possível deixá-los menos estressados com músicas que eles gostem. Sim, existem dezenas de vídeos no YouTube com playlist anti-estresse para gatos. O importante é levar o fator estresse a sério e só tirar seu bichinho de casa se for realmente necessário.

Segurança em primeiro lugar

 

viagem-pet-carro-gato-cachorro

 

Nada de levar o cão ou o gato solto no veículo, por mais que, no caso dos cachorros, eles adorem colocar a cabeça pra fora da janela (como no gif fofo acima). Qualquer movimento brusco do animal pode comprometer segurança dele e de quem está no carro. A dica é acostumá-lo com o veículo antes da viagem. Faça trajetos menores com ele e, após os passeios, recompense-o pelo bom comportamento com petiscos e muito carinho.

Mais uma coisa: O Código Brasileiro de Trânsito proíbe levar os animais na parte externa do veículo ou dirigir com os animais entre os braços e pernas. Então, compre uma caixinha adequada e a prenda com cinto de segurança no banco de trás.

Tente manter a rotina

 

viagem-pet-cachorro-3

Foto: webcachorros.com.br

 

Seu pet costuma ter uma rotina para se alimentar e fazer suas necessidades diárias? Então mantenha isso durante a viagem. Pare sempre que for alimentá-lo e passeie com ele para urinar e defecar. No caso de gatos, dificilmente eles vão querer comer ou fazer suas necessidades durante o trajeto, mas não custa tentar. Tente alimentá-lo com a ração que ele mais gosta e leve a sua caixinha com areia que pode ser usada durante as paradas.

Não esqueça os documentos!

Leve a carteira de vacinação e um atestado de trânsito emitido por um médico veterinário.

Leia também: Vai viajar de avião com seu pet? Saiba quais são as regras

 

E a dica mais importante é: sempre priorize o bem-estar do seu animal de estimação. Leve em consideração duração da viagem, espécie e sua relação com a casa e a rotina, local de destino, disponibilidade de cuidadores durante a sua ausência e o estado de saúde do animal.

 

Boa aventura!

 

viagem-pet-carro-gato-cachorro-2

 

 

Kady Albuquerque
kadydja@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com