Por que você precisa contratar um seguro viagem? Dicas
Por que você precisa contratar um seguro viagem?

Por que você precisa contratar um seguro viagem?

Rodrigo Rocha Rodrigo Rocha Publicado em 1 de fevereiro de 2017

A gente passa dias, semanas, meses e até anos planejando a viagem dos sonhos e, por mais que tudo esteja calculado nos mínimos detalhes, imprevistos não têm hora para acontecer.

Por isso, na hora de viajar, uma das melhores coisas que você pode fazer para minimizar problemas de última hora e garantir que tudo corra bem é o famoso – e muitas vezes erradamente desprezado – seguro viagem. Vamos saber por quê.

1. Ninguém está livre de imprevistos

Voos atrasados, roubo ou extravio de bagagens, problemas de saúde, despesas com medicamentos, dentista ou remoção médica, descumprimento de algum serviço contratado. São muitas as possibilidades e nenhum de nós está livre delas. Nessas e em outras situações até mais graves, como em caso de invalidez ou morte durante a viagem, o seguro ajuda a evitar muitas dores de cabeça.

2. Serviços de saúde no exterior são caríssimos

 

gif seguro viagem

 

O seguro viagem é recomendado para todos os viajantes, com exceção dos brasileiros que possuem plano de saúde com abrangência nacional e que estão viajando pelo próprio Brasil.

Mas nas viagens para o exterior, ele é fundamental. “O motivo é simples: brasileiros não pagam impostos nos outros países. Logo, qualquer atendimento terá custo e ele não é barato”, explica Luiz Felipe K. Muniz, da BSB1 Consultoria e Seguros.

Para você ter uma ideia, uma diária de UTI em outro país pode custar até 5 mil dólares!

3. É mais barato do que você pensa

 

gif seguro viagem 1

 

Qualquer viajante pode fazer um seguro de viagem nacional ou internacional. Os preços são mais em conta do que você imagina e os benefícios são realmente incalculáveis.

Para você ter uma noção: um seguro individual internacional com cobertura básica de despesas médicas, hospitalares ou odontológicas de até 8.600 dólares pode sair por R$ 80. Já um seguro bastante abrangente sai por R$ 220 reais com cobertura de até 50 mil dólares. O pacote super completo pode custar em torno de R$ 500. Nesse caso, a cobertura chega a 300 mil dólares.

Dica 1: a recomendação do especialista Luiz Felipe K. Muniz, da BSB1 Consultoria e Seguros, é que o seguro escolhido seja adquirido em dólares. “Optar pela compra em dólar é importante, já que os custos com uma UTI no exterior, por exemplo, podem chegar a 5 mil dólares por dia. Por isso, o ideal é adquirir uma cobertura mínima de 15 mil dólares”, pondera.

Dica 2: Luiz também recomenda a aquisição do seguro família, que barateia o custo individual. Ele também pode ser adquirido nesse formato para grupos de viajantes, mesmo que não haja relação de parentesco entre eles.

Curiosidades

É possível adquirir coberturas de viagem que chegam a 1 milhão de dólares!!! Sim, um m-i-l-h-ã-o d-e d-ó-l-a-r-e-s!!! Hehehe… Claro que o segurado não desembolsa esse valor, mas a depender do tipo de cobertura que escolha, tem direito a serviços que chegam a esse montante.

 

gif uau

 

O seguro viagem cobre qualquer tipo de acidente pessoal, desde o embarque até o desembarque nas datas previstas no momento da contratação. Mas, atenção: se ficar comprovada imprudência, negligência, imperícia ou irresponsabilidade ao dirigir, não há cobertura.

A principal modalidade dos seguros viagem é a cobertura para despesas médico-hospitalares. Afinal, este é o serviço mais caro que um viajante pode necessitar.

Quem contrata seguro viagem no Brasil?

Um levantamento feito pelo portal Assistente de Viagem mostrou que a maioria dos viajantes brasileiros que adquirem estão no Sudeste e tem, em média, 40 anos.

Entre as proteções mais buscadas estão assistência médica por acidente e para enfermidade, seguro bagagem e seguro de vida por morte acidental.

Além disso, quase metade dos viajantes brasileiros que contratam um seguro viagem tem como destino a Europa. Por lá, a cobertura mínima exigida por diversos países é de 30 mil euros. Vamos combinar que (quase) ninguém tem essa grana, então fazer o seguro é obrigatório.

Veja mais nos quadros abaixo:

 

seguro viagem 1

 

Seja precavido e, na próxima aventura, faça o seu seguro viagem! Para pedir uma cotação, clique aqui.

 

Leia também: 6 imprevistos que podem acontecer durante uma viagem. Saiba como lidar

 

Rodrigo Rocha
rodrigo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja

 


Notícias Relacionadas


Booking.com