Dicas para você aproveitar o melhor do Instituto Inhotim, em MG Dicas
Dicas para você aproveitar o melhor do Instituto Inhotim, em MG

Dicas para você aproveitar o melhor do Instituto Inhotim, em MG

Rodrigo Rocha Rodrigo Rocha Publicado em 8 de novembro de 2016

O Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG), é realmente um dos lugares mais incríveis para quem ama natureza, arte, cultura boa comida. Em seus 786,06 hectares, o lugar tem um clima bucólico e oferece uma experiência inesquecível para os que o visitam.

Com um acervo sensacional de arte contemporânea espalhado em galerias permanentes e também exposto de forma temporária, Inhotim também é palco de eventos bacanas, como o MECA, realizado por lá no último final de semana (5 e 6 de novembro) com oficinas, palestras e shows de artistas como Caetano Veloso, Liniker e Jaloo.

 

inhotim

A arte contemporânea está espalhada em todos os lugares de Inhotim / Foto: Rodrigo Rocha

 

A diversidade de plantas, árvores e flores de seu jardim botânico – caminho para chegar até as obras de arte – compõe o cenário ideal para contemplação e fruição artística de obras como o Sonic Pavilion, do norte-americano Doug Aitken, uma instalação feita para captar o áudio do que acontece no centro da terra, a 200 metros de profundidade; e a galeria da artista plástica Adriana Varejão, com seus belos e curiosos azulejos.

 

inhotim

No Sonic Pavilion, você ouve os sons da terra / Foto: Rodrigo Rocha

 

inhotim

O Sonic Pavilion por dentro / Foto: Rodrigo Rocha

 

Motivos para visitar Inhotim não faltam. Por isso, se você ficou com vontade de planejar sua viagem para lá, aqui vão algumas dicas que podem tornar a sua experiência mais agradável.

1. Como chegar

Brumadinho fica a cerca de 60km de Belo Horizonte e, apesar da proximidade, a viagem de carro ou ônibus pode durar cerca de 1h20 porque todo o trajeto fica em área urbana, então reserve esse tempo para seu deslocamento.

A empresa Saritur é parceira do Instituto e recomendada por eles. O traslado de BH até lá com eles custa 60 reais por pessoa com saída às 8h15 e retorno às 17h30. Para reservar, você pode comprar o bilhete pelos telefones (31) 3571-9795 e (31) 99737-6366, ou ainda pessoalmente na loja Inhotim Box, na rua Antônio de Albuquerque, 909, bairro dos Funcionários, em BH.

Se estiver em um grupo de até 4 pessoas, a nossa sugestão é mesmo alugar um carro. Além de sair extremamente mais barato (é possível pagar cerca de 50 reais na diária de carro 4 portas e climatizado, por exemplo), você fica com mais liberdade para se deslocar na hora que quiser.

Há ainda ônibus de linha que vão e vem da rodoviária de Belo Horizonte para Brumadinho e custam R$ 8,20 por trecho. Se você quiser fazer uma viagem mais econômica, essa é a dica.

2. De quanto tempo preciso?

A experiência de Inhotim demanda tempo e disposição. Para você ter uma ideia, são 23 galerias permanentes, 7 jardins temáticos, 30 destaques botânicos, 23 obras e mais algumas lojinhas, restaurantes, cafés e locais de interesse.

 

inhotim

Área externa da Galeria Adriana Varejão / Foto: Rodrigo Rocha

 

inhotim

Os enormes azulejos de Adriana / Foto: Rodrigo Rocha

 

inhotim

Mais Adriana Varejão (a gente ama!) / Foto: Rodrigo Rocha

 

Por isso, se você pretende realmente dizer que conhece Inhotim, o ideal é reservar pelo menos dois dias para a aventura. Há muitos hotéis e hostels em Brumadinho, então dormir por lá é a melhor pedida. Assim, é possível não apenas olhar as obras, mas parar para apreciá-las com calma, senti-las.

3. O que devo vestir/usar/levar?

A dica básica de sempre: vá com roupas leves, calce um tênis confortável, leve mochila, um squeeze com água, óculos escuros, protetor solar e seja feliz. A depender da época do ano, um repelente também pode ser útil.

 

inhotim

O ar bucólico e encantador de Inhotim permite que você descanse a cabeça e relaxe antes de chegar à próxima obra / Foto: Rodrigo Rocha

 

Não é permitido entrar com comida no lugar, então leve grana ou cartões e aproveite para conhecer as comidas servidas por lá.

4. Para ter a melhor experiência

Duas coisas que podem lhe ajudar a absorver o máximo de conhecimento na sua viagem a Inhotim:

a) invista 25 reais para circular pelos espaços de carrinho. Você não vai se cansar tanto e ter tempo de conhecer mais espaços e obras;

b) opte por uma das visitas mediadas por educadores que compartilham informações sobre os acervos. Você pode fazer isso sozinho ou em grupo. Mais informações aqui.

 

Você pode fazer um tour virtual por Inhotim.

Quer saber mais? Visite o site oficial e faça uma ótima viagem!

 

Até a próxima,

 

Rodrigo Rocha
rodrigo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com