6 razões para programar sua viagem a Maceió Destinos
6 razões para programar sua viagem a Maceió

6 razões para programar sua viagem a Maceió

Kady Albuquerque Kady Albuquerque Publicado em 12 de dezembro de 2016

Se pudéssemos dar uma cor à terra do poeta Lêdo Ivo e do dicionarista Aurélio Buarque, ela seria azul. Céu e mar se harmonizam na simpática Maceió, capital de Alagoas, e reforçam a imagem de “resort a céu aberto”.

A cidade, que na ultima segunda-feira (5) comemorou 201 anos, tem pouco mais de 1 milhão de habitantes, mas recebe milhares de turistas ao longo do ano. Pesquisa recente do governo local, mostrou que 35% dos visitantes são de São Paulo, 16% de Pernambuco, 15% do Rio de Janeiro, e 14% da Bahia.

Mas, não importa de onde você seja, a visita à cidade pode ser inesquecível, e nós vamos trazer as nossas razões. Vamos lá?

1. Piscinas naturais e águas de um azul único

Maceió é uma das poucas capitais brasileiras que exibem um litoral deslumbrante. As águas azuis e mornas são um convite e tanto para os turistas.

 

Maceio praia alagoas destinos

Piscinas naturais na Praia da Pajuçara / Foto: maceio1.wordpress.com

 

As praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas ficam em área urbana e compõem a orla marítima de Maceió, considerada a mais bonita do Brasil. Um dos passeios mais requisitados é o de jangada até a paradisíaca piscina natural da Pajuçara, a apenas 2km da costa.

As piscinas naturais da Pajuçara também são perfeitos spas a céu aberto. Longe da cidade e no meio do mar as massagens e exercícios antiestresse fazem bem ao corpo e à mente.

2. Mirantes pra ver o mar e a cidade

 

 

Se você não quiser entrar no mar, o que seria um grande erro, é possível ver a cidade e o seu litoral por um mirante. São seis: Ambrózio Lima, Chá de Bebedouro, Cortiço, Kátia Assunção, Sereia, São Gonçalo (na foto) e Santa Terezinha.

3. Tem passeio na lagoa

 

lagoa-mundau-maceio-alagoas-destinos-viagem

Pôr do sol da Lagoa Mundaú / Foto reprodução YouTube

A Lagoa Mundaú é um lugar que precisa ser visitado por todo turista que vai a Maceió. No bairro Pontal da Barra, é possível realizar o ‘Passeio das Nove ilhas’, com barcos que navegam em um arquipélago localizado na lagoa. São nove ilhas, sendo oito localizadas na capital alagoana: Ilha do Irineu, Ilha das Andorinhas, Ilha do Fogo, Ilha de Santa Marta, Ilha do Almirante, Ilha de um Coqueiro Só, Ilha das Cabras e Ilha Bora Bora.

A Ilha de um Coqueiro Só tem esse nome porque em 1989 uma enchente devastou a ilha e só sobreviveu um coqueiro na região.

4. Tapioca é prato típico!

Você curte tapioca? Apesar do prato ser feito hoje em todo Brasil, os alagoanos reivindicam a melhor tapioca do país. E merecem esse título. A típica tapioca alagoana leva goma de tapioca, queijo e coco ralado. É possível encontrar diversas opções de restaurantes e tendas na cidade.

 

maceio-alagoas-gastronomia-tapioca

Foto: Divulgação Semptur

 

Quem quiser saborear os bolos e doces da cidade, deve ir à Praia de Riacho Doce. Tapioca, beiju, grude, brasileira, cocadas, bolo de macaxeira e massa puba, todos fabricados em antigos fornos de barro e lenha.

5. Visitar o Mercado do Artesanato

 

Mercado do Artesanato maceió alagoas

Mercado do Artesanato / Foto: Marco Antônio (SECOM/ Prefeitura de Maceió)

No centro da cidade, o mercado tem cerâmica, bordados, sandálias de couro, bolsas de palha e, ainda, as esculturas de palitos de fósforo do artista Arlindo Monteiro.

Além do mercado, outros lugares para comprar artesanato: Feirinha da Pajuçara, Pavilhão da Pajuçara e Guerreiros de Alagoas.

6. É uma cidade que transborda cultura

 

palacio-marechal-floriano-peixoto-maceio-alagoas

Foto: Palácio Marechal Floriano Peixoto.

 

Maceió tem várias casas culturais para você fugir um pouquinho da praia. O Museu Theo Brandão conta a história da cultura popular de Alagoas. O Museu de Arte da Fundação Pierre Chalita exibe imagens sacras dos séculos 17 e 18. Outra visita para o seu roteiro é ao Palácio Marechal Floriano Peixoto, antiga sede do governo. O prédio hoje é um museu com ricas coleções de cristais, pratarias e móveis antigos em madeira e couro. Também abriga os memorais de dois ilustres alagoanos: o poeta Lêdo Ivo e o dicionarista Aurélio Buarque.

Bora programar a viagem para esse verão? 😉

 

Kady Albuquerque
kadydja@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja

 


Notícias Relacionadas


Booking.com