Conheça sete obras literárias que podem inspirar belas viagens Destinos
Conheça sete obras literárias que podem inspirar belas viagens

Conheça sete obras literárias que podem inspirar belas viagens

Paulo Lannes Paulo Lannes Publicado em 15 de agosto de 2017

Literatura e viagem tem tudo a ver. Além de trazer um olhar mais poético sobre o mundo, os livros servem de excelentes companheiros de viagem – ainda mais durante as penosas horas de voo e o relaxante descanso em praias paradisíacas.

A Momondo, buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis, organizou uma lista com sete obras literárias que vão te fazer ter vontade de arrumar as malas já nas primeiras páginas. Dos Estados Unidos ao Japão, passando pela Índia, Chile, Inglaterra, Tailândia e Itália, é inspiração que não acaba mais. Confira:

Pôr do sol no Rio Hudson. Foto: Momondo/Divulgação

Pôr do sol no Rio Hudson. Foto: Momondo/Divulgação

“On the Road – Pé Na Estrada”, de Jack Kerouac – Estados Unidos

Esse livro icônico é uma ótima companhia para uma road trip de costa a costa pelos Estados Unidos, nos moldes da que fizeram os personagens Sal Paradise e Dean Moriarty. Começando por Nova York com uma visita a um dos lugares favoritos da Geração Beat: a Village Vanguard, em Greenwich Village. Antes de ir para o Oeste, faça uma parada no Hudson River Park e aproveite o pôr do sol de Nova Jersey.

O próximo destino é Chicago. No The Green Mill, você poderá curtir o jazz em todas as suas formas. A jornada continua rumo a Nova Orleans para pegar a balsa até Algiers, uma vizinhança charmosa onde você encontrará chalés em estilo vitoriano com decoração típica e muitas lojas especializadas, como a de doces Southern Candymakers. Outra ótima pedida é fazer uma parada em Denver, capital do Colorado, um antigo “point” Beat, e visitar a Larimer Street, coração da comunidade que hoje abriga restaurantes descolados, apartamentos chiques e várias microcervejarias.

Quando você finalmente chegar a São Francisco, vá para o Telegraph Hill e conheça as paisagens espetaculares da região da baía. Aproveite para pensar na viagem incrível que você completou.

Akihabara. Foto: Momondo/Divulgação

Akihabara. Foto: Momondo/Divulgação

“Kafka à Beira Mar”, de Haruki Murakami – Japão

O livro conta a história de dois personagens: o idoso Nakata e Kafka, uma adolescente de 15 anos em fuga de sua casa em Tokyo para a pequena ilha de Shikoku. Ainda que suas jornadas pelas vária cidades sejam mapeáveis, os locais exatos são mais difíceis de identificar. Mas isso não importa muito visto que essa história evocativa e mágica vai atrair a sua curiosidade para esse país fascinante, conhecido por combinar tradição com tecnologia ultra-moderna.

Comece a sua jornada pela capital Tokyo. Lá, você vai conhecer o universo geek no bairro eletrônico de Akihabara, onde você encontrará uma vasta coleção de equipamentos eletrônicos, assim como revistas em quadrinhos e badulaques da cultura pop. Pegue o trem até Osaka, onde você encontrará um dos santuários xintoístas mais antigos do Japão, o Sumiyoshi taisha. Depois vá para a área tranquila de Shinsekai e experimente o Kushikatsu, um prato à base de espetinhos fritos.

Continue a jornada até a charmosa cidade de Kobe e prove um saquê no bairro de Nada, local que abriga várias produtoras da bebida. E não deixe de fazer um tour pela Akashi Kaiko, a mais longa ponte suspensa do mundo.

Ischia. Foto: Momondo/Divulgação

Ischia. Foto: Momondo/Divulgação

Série Napolitana de Elena Ferrante – Itália

Uma escritora misteriosa sob um pseudônimo encantou o mundo com o primeiro de uma série de quatro livros com uma história de crescimento e amadurecimento. Estava lançada a “febre Ferrante”. Os quatro livros contam a vida de duas amigas, Elena e Lila, da infância à vida adulta, em um período de 50 anos. A ambientação varia de diversas locações: dos subúrbios de Nápoles, passando pela opulenta Florença até a paradisíaca ilha de Ischia.

Nápoles é o coração da série. Explore Rione Luzzatti, o bairro das meninas, passeie pela elegante Piazza Martiri e não deixe de provar o sfogliatelle, o salgado recheado em forma de conchinha. Se a agitação de Nápoles cansar, fuja para Ischia, a bela ilha localizada a apenas uma hora de balsa.

Florença também aparece bastante nos livros, especialmente a área ao redor da Porta San Niccolò, um portão de três andares do século 14, na muralha da cidade antiga. Florença é considerada o berço do Renascimento e caminhar por entre seus belos prédios é entender porque a cidade foi o centro da cultura, comércio e finanças da Europa Medieval.

Koh Samui. Foto: Momondo/Divulgação

Koh Samui. Foto: Momondo/Divulgação

“A Praia”, de Alex Garland – Tailândia

Esse é provavelmente o livro mais famoso com a Tailândia como pano de fundo, assim como sua adaptação para o cinema com o ator Leonardo DiCaprio. A obra conta a história do mochileiro Richard e sua busca por uma ilha isolada e intocada conhecida apenas por uma pequena comunidade internacional de viajantes. O livro capta a atmosfera misteriosa e maravilhosa das ilhas tailandesas de um jeito realista, mas também mágico, que vai fazer você sentir vontade de viajar assim que começar a ler.

A aventura de Richard (e a sua) começa na região central de Bangkok, na rua Khao San. O que já foi um grande mercado de arroz, hoje é um ponto de encontro dos mochileiros, com acomodação barata, vida noturna vibrante e comidas exóticas, incluindo os famosos churrascos de insetos.

Seguindo a jornada de Richard, você chegará ao Golfo da Tailândia. O mar aberto te levará para várias ilhas, como Koh Samui, Koh Phangan, Koh Samet, Koh Tao, apenas para citar algumas.

Taj Mahal. Foto: Momondo/Divulgação

Taj Mahal. Foto: Momondo/Divulgação

“Os Filhos da Meia Noite”, de Salman Rushdie – Índia

A obra retrata a história da Índia moderna através da vida de Saleem Sinai, que nasceu no momento exato da independência do País e possui poderes telepáticos que permitem que ele se conecte a outras mil crianças nascidas na mesma época. Com uma narrativa poderosa, poética e mágica, essa obra vai instigar a sua imaginação e te deixar com vontade de arrumar as malas.

O romance muda de locações pelo subcontinente indiano, da Caxemira até Agra e depois Mumbai. Instalado num vale e cercado pela cadeia de montanhas de Pir Panjal,  Saleem sonha com a idílica  paisagem da Caxemira: o rio sinuoso em Serinagar, as montanhas nevadas de Gulmarg e os campos de Sonamarg.

O marco mais famoso da Índia, o Taj Mahal, aparece no livro quando a família de Saleem se muda para Agra por um curto período. Construído pelo imperador Shah Jahan no século XVII em homenagem à sua terceira esposa Mumtaz, a estonteante construção está entre As Sete Maravilhas do Mundo.

Mumbai, a cidade mais populosa da Índia,  vai te levar para um turbilhão de emoções e experiências. Lar da produtiva indústria cinematográfica do País e com uma extensa floresta urbana tropical, Mumbai também possui arquitetura da era colonial, como a Chhatrapati Shivaji, estação de trem em estilo gótico da cidade.

Stanage Edge. Foto: Momondo/Divulgação

Stanage Edge. Foto: Momondo/Divulgação

“Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen – Inglaterra

O livro conta a história de Elizabeth Bennet, uma entre cinco irmãs que vivem no interior da Inglaterra durante a Era Pré-Vitoriana. Embora as locações do livro sejam imaginárias, Jane Austen foi profundamente inspirada pelos verdadeiros campos ingleses, como Hampshire e Derbyshire. Com suas pequenas vilas, colinas, estradas sinuosas e bosques antigos, você não vai ter dificuldade de imaginar os personagens vagando por ali.

Comece a viagem em Derbyshire. Você pode fazer uma caminhada pelas praias do Peak District National Park e parar no alto da Stanage Edge em Hathersage Moor, com vista para a paisagem ao redor. Visite a magnífica Chatsworth House, onde você poderá passear pelos lindos jardins e até ordenhar uma vaca na fazenda atrás do casarão.

Para os fãs devotados de Austen, é possível visitar a casa da escritora em Chawton (distrito de Hampshire), seu local de nascimento em Steventon, além do Basildon Park, que inspirou o Netherfield Park no livro.

Vulcão Tolhuaca. Foto: Momondo/Divulgação

Vulcão Tolhuaca. Foto: Momondo/Divulgação

A Casa dos Espíritos, de Isabel Allende – Chile

O livro de estréia de Isabel Allende retrata a história de várias gerações da família Trueba e sua vida no interior do Chile e também na capital num período de muitas mudanças sociais e políticas. Com o uso do realismo mágico, o livro explora a paisagem e a identidade do Chile e é uma leitura cativante para antes, durante ou depois de uma viagem ao País.

O Chile é famoso pela sua natureza inspiradora, de desertos áridos até geleiras e vulcões, além de bons vinhos. Se você é do tipo que se interessa por degustação de vinhos, planeje uma visita aos vales de Casablanca e Colchagua. Com um pouco de pesquisa, você estará no caminho para provar o melhor Chardonnay da sua vida.

Para contemplar a flora e a fauna locais, vá até o Parque Nacional Tolhuaca, onde você verá araucárias, cervos Pudü e pica-paus negros. Isso sem  mencionar o Vulcão Tolhuaca com seus dois mil metros de altura, dominando a paisagem do parque.

 

E aí, qual lugar te chamou mais atenção?

 

Paulo Lannes
paulo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com