Les-Baux: conheça o vilarejo francês que vive na Idade Média Destinos
Les-Baux: conheça o vilarejo francês que vive na Idade Média

Les-Baux: conheça o vilarejo francês que vive na Idade Média

Bruno Aguiar Bruno Aguiar Publicado em 10 de agosto de 2017

Para quem gosta de história, arquitetura ou de um bom conto de fadas, a pequena cidade de Les-Baux-de-Provence, no sul da França, pode ser uma ótima opção de destino. Com uma fundação incerta, que remete ao século X, o vilarejo parece ter parado no tempo, ainda na Idade Média, sobretudo por conta de suas construções e ruínas.

A cidade é caracterizada por suas vielas estreitas e ruas que começam e terminam a partir de edifícios. Passear de carro, aliás, é um desafio que a prefeitura não recomenda. Ao todo, cerca de 500 habitantes ainda vivem na cidade – maioria tem o comércio e o turismo como principais fontes de renda.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

A construção do vilarejo teve início durante o feudalismo, quando quem dominava a região era a família Les Baux – que deu origem ao nome da comuna. A linhagem da família, aliás, era uma das mais poderosas e líderes da região de Provence. No entanto, em 1483, quando a última integrante da família faleceu, o rei da França Luís XI ordenou a demolição da fortaleza, pouco tempo depois de já ter anexado a região em seu reinado.

Apesar da forte relação com a história, a cidade também é caracterizada por sua formação rochosa. A bauxita, mineral metálico de cor vermelha, foi descoberta na cidade, em 1821. A caverna onde era feita a extração ficou por muitos anos abandonada, até que na década de 1960 um cineasta francês usou o local como cenário de um dos seus filmes.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Desde a década de 1970, porém, o local passou a ser palco de espetáculos visuais. Com projeções que podem chegar a 14 metros de altura, as Carrières de Lumières reúnem por temporada obras de importantes artistas, que vão do renascimento à modernidade.

 

carrieres-lumieres

 

Bruno Aguiar
bruno@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Notícias Relacionadas


Booking.com