Quadro a quadro

3 tours artísticos a poucos quilômetros do centro de Belo Horizonte

Paulo Lannes

Bio: Jornalista e estudante de Teoria, Crítica e História da Arte na UnB, viaja o mundo atrás de obras-primas e boas histórias. Aos sábados, ele dará dicas sobre museus e revelará curiosidades desse fascinante mundo das artes.

3 tours artísticos a poucos quilômetros do centro de Belo Horizonte

Paulo Lannes Publicado em 5 de junho de 2017

A capital de Minas Gerais conta com belíssimos tesouros artísticos localizados a poucos quilômetros de seu centro urbano. Quem permanecer na cidade por pelo menos três dias podem conhecer três desses locais valem – e muito – a visita.

Todos os passeios podem ser feitos em apenas um dia, tanto de carro alugado, ônibus ou até mesmo Uber (que, em alguns casos, sai mais barato que qualquer outra opção). Conheça:

Conjunto arquitetônico da Pampulha

pampulha igreja são francisco de assis

Foto: Paulo Lannes

 

O mais novo Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO do Brasil se encontra em Pampulha, um dos bairros mais verdes – e afastados do centro – de Belo Horizonte.

O conjunto da Pampulha é composto por cinco estruturas: Igreja São Francisco de Assis, Iate Golfe Clube, Casa do Baile, Praça Dalva Simão e Museu de Arte da Pampulha. Todos os edifícios foram construídos pelo arquiteto Oscar Niemeyer, famoso pelos monumentos construídos em Brasília, e contaram com a participação de outros grandes nomes, como o urbanista Burle Marx e o pintor Cândido Portinari.

Em outra postagem do AGV, criamos um roteiro de 2 horas de caminhada no local. Dá uma conferida.

Inhotim, em Brumadinho

Vista aérea de uma das obras expostas em Inhotim. Essa é do Helio Oiticica/ Foto: Au Magic

Vista aérea de uma das obras expostas em Inhotim. Essa é do Helio Oiticica/ Foto: Au Magic

 

Considerado o maior museu a céu aberto do mundo, o Instituto Inhotim é um poderoso complexo cultural sempre em transformação. Natureza e arte se misturam entre edifícios modernos e acervos de arte contemporânea. Localizado em uma área de 100 hectares de jardins botânicos, com vasta coleção de espécies tropicais raras e obras feitas por artistas de renome internacional.

Entre eles,  Cildo Meireles, Tunga, Vik Muniz, Hélio Oiticica, Ernesto Neto, Matthew Barney, Doug Aitken, Chris Burden, Yayoi Kusama e Paul McCarthy.

Brumadinho fica a cerca de 60km de Belo Horizonte e, apesar da proximidade, a viagem de carro ou ônibus pode durar cerca de 1h20 porque todo o trajeto fica em área urbana, então reserve esse tempo para seu deslocamento.

Fizemos uma postagem cheia de dicas para curtir o local. Confira aqui. Além disso, produzimos outra também mostrando que Inhotim é o lugar ideal para levar crianças.

Centro histórico de Sabará

Foto: Paulo Lannes

Foto: Paulo Lannes

 

São necessários vencer apenas 25 km para chegar na histórica Sabará. Construída durante o Ciclo do Ouro – mesmo período que Ouro Preto, Mariana e Congonhas – a cidade possui igrejas coloniais célebres e ricas em ornamentos.

O passeio pelo centro histórico pode ser feito todo a pé, em uma única rua tortuosa que leva a todas os templos da região. Vale conhecer a Igreja dos Negros, que se encontra dentro das ruínas de outra igreja, a Igreja da Matriz, que possui obras de Aleijadinho, e a Igreja Nossa Senhora do Ó, ornamentada com motivos chineses (há pagodes e dragões!) do teto ao chão.

 

Paulo Lannes

Foto: Paulo Lannes

 

E aí, qual desses lugares você gostou mais?

 

Paulo Lannes
paulo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Mais posts da coluna Quadro a quadro


Booking.com