Pra ver ouvindo

Curte metal? Saiba por que você deve conhecer Helsinque!

Kady Albuquerque

Bio: Sergipana, filha de paraibana com pernambucano, leonina e viciada em música. Sempre às quintas-feiras, a jornalista vai trazer informações sobre lugares famosos no mundo musical.

Curte metal? Saiba por que você deve conhecer Helsinque!

Kady Albuquerque Publicado em 31 de agosto de 2017

Se você é metaleiro raiz já sabe que Helsinque (ou Hellsinki como os fãs do gênero costumam chamar) é considerada a capital mundial do Heavy Metal. Amorphis. Children of Bodom. Nightwish. Insomnium. Stratovarius. Sonata Arctica. Apocalyptica. HIM. Wintersun. Ensiferum. Todas essas são bandas filandesas que ganharam o mundo.

 

helsinque-metal-viagem2

 

Em um dos guias para viajantes metaleiros pela cidade, justifica-se o amor pelo metal por causa dos longos, gelados e escuros invernos e da natureza melancólica dos filandeses. Será? Bem, o que importa é que Helsinque é uma cidade para ouvir o melhor do metal e, se você curte o gênero, vai querer saber sobre essas dicas abaixo.

Custa caro voar para lá?

Bem, custa mais do que uma viagem para destinos mais conhecidos. Se você planejar com antecedência, a passagem sai em média R$ 3.500,00.

A moeda oficial da cidade é o euro (EUR), que hoje ultrapassa os R$ 3 (o câmbio vai variar de acordo com a data de viagem).

Precisa de visto?

Os cidadãos brasileiros não precisam de visto para viagens turísticas que não excedam 90 dias e não incluem atividades remuneradas. Exige-se apenas passaporte válido até, pelo menos,três meses após o término da viagem.

Não há vôos diretos do Brasil para a Finlândia. Portanto é recomendável que você se informe sobre quais são os documentos exigidos pelo país de trânsito.

Quando visitar?

O verão é a época do ano em que os festivais acontecem e o visitante terá a chance de ver e ouvir bárias bandas da cidade. O melhor momento mesmo é o final de junho, quando rola o Tuska Open Air, o maior festival de metal da Finlândia. O festival tem sido realizado no parque de Kaisaniemi, centro de Helsinque.

 

helsinque-metal-viagem-tuska

Tuska Open Air Festival / Foto divulgação

 

Agora, se você quer passar por uma experiência de frequentar um festival durante um inverno congelante, em Helsinque tem também.

O clube mais tradicional para bater cabeça é o Tavastia. Muitas bandas hoje internacionalmente conhecidas realizaram suas primeiras apresentações no local, incluindo Nightwish, HIM e The 69 Eyes. Nos anos 90, a casa também era usada como sede do “The Mighty Metal Music Awards”, uma premiação da música finlandesa. Hoje, o Tavastia é uma das casas de shows mais antigas da Europa ainda em funcionamento.

 

tavastia-viagem-helsinque-metal

Tavastiaklubi /Foto divulgação

Se não tiver uma boa programação acontecendo no clube, uma dica é tentar o Semifinal, um irmão caçula do Tavastia.  Muitos dos concertos de metal na cidade acontecem em Nosturi, em Hietalahti. Mais de 120 eventos são realizados no local todos os anos. Veja a programação.

Além da música…

Se você quiser entender um pouco dessa vibe dark de Helsinque, vale ir a alguns lugares turísticos (e outros nem tanto). Um deles é a cidade abandonada de Kruunuvuori, em Eastern Helsinki. As casas foram abandonadas nos anos 60.

 

Kruunuvuori Ghost Town / Foto: aarography.com

Kruunuvuori Ghost Town / Foto: aarography.com

 

Reza a lenda que o centro da cidade é construído em cima de cemitérios e que fantasmas rondam por lá. Happy Tours Helsinki oferece um passeio aos interessados pelas lendas e histórias sinistras do passado.

Kady Albuquerque
kadydja@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Mais posts da coluna Pra ver ouvindo


Booking.com