Na hora de viajar

Canadá libera autorização eletrônica de viagens para brasileiros a partir de 1º de maio

Rodrigo Rocha

Bio: É jornalista curioso, canceriano apaixonado e nordestino bruto virado no raio! Aqui, ele fala tudo o que a gente precisa saber agorinha pra viajar melhor.

Canadá libera autorização eletrônica de viagens para brasileiros a partir de 1º de maio

Rodrigo Rocha Publicado em 17 de abril de 2017

Os brasileiros que quiserem imigrar para o Canadá, eleito o melhor destino turístico para 2017, segundo a lista da Lonely Planet, poderão contar com mais uma facilidade para entrar no país a partir de 1º de maio deste ano: a Autorização Eletrônica de Viagem (eTA- electronic Travel Authorization).

O Canadá já havia anunciado que lançaria facilidades para nós, brasileiros, desde 2015. Mas somente agora as mudanças começarão a valer.

O que muda?

A mudança elimina a necessidade anterior de preenchimento de formulário, vinculação de documentos, submissão de solicitação e envio de documentação através dos Correios para obtenção do visto.

A autorização vale por cinco anos e fica vinculada ao passaporte, ou seja, se você trocar o documento, precisa requerer uma nova eTA.

 

Quebec, no Canada / Foto: Lonely Planet

Quebec, no Canada / Foto: Lonely Planet

Quem pode solicitar a autorização?

Para ser beneficiado pelas novas regras – que também valem para búlgaros, mexicanos e romenos, é preciso cumprir alguns requisitos específicos. Fique atento:

– Ser considerado, a critério do governo canadense, como um viajante de baixo risco, proveniente do Brasil, Bulgária, México ou Romênia;

– Ter tirado visto de residente temporário nos últimos 10 anos ou possuir visto americano de turista válido;

Chegar ao país por via aérea (inicialmente, os viajantes que chegarem por via terrestre ou marítima precisarão passar pelo procedimento regular de obtenção de visto. Como a informação é um pouco controversa, vale a pena consultar o Consulado Canadense mais próximo);

Preencher uma pré-autorização online, antes da data da viagem, no site oficial. Basta clicar aqui.

Quanto custa?

Se você se enquadrar nas regras acima, poderá obter seu visto de modo eletrônico pagando apenas 7 dólares canadenses, o que equivale, atualmente, a quase R$ 17.

 

Leia também:

Canadá é eleito o melhor destino turístico para 2017

 

E então? Vamos ao Canadá?

 

Rodrigo Rocha
rodrigo@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Mais posts da coluna Na hora de viajar


Booking.com