Pra ver ouvindo

Brasília: Cena Contemporânea terá 2 semanas de shows gratuitos

Kady Albuquerque

Bio: Sergipana, filha de paraibana com pernambucano, leonina e viciada em música. Sempre às quintas-feiras, a jornalista vai trazer informações sobre lugares famosos no mundo musical.

Brasília: Cena Contemporânea terá 2 semanas de shows gratuitos

Kady Albuquerque Publicado em 18 de agosto de 2017

A partir do dia 22 começa o Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília e um dos mais importantes de arte do Brasil. Até o dia 3 de setembro, o Cena 2017 celebra o teatro, a dança, o circo e a música, sempre com um enfoque em novas criações que refletem sobre o homem e a sociedade contemporânea.

A programação conta com apresentações de grupos internacionais, nacionais e locais, encontros, workshops, palestras e seminários voltados para estudantes e profissionais das artes cênicas. E shows também. Ontem o festival anunciou Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Otto e Léo Borges como atrações deste ano.

Os shows acontecerão ao ar livre em palco na Praça do Museu Nacional da República, com entrada franca. No dia 31 de agosto, terá um show mais do que recomendado com o som de dois ícones da nova geração pop melódica da MPB, os paulistas Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci.

otto_cena contemporanea_2017_brasília

Foto divulgação

 

E pelo palco vão passar ainda o pernambucano Otto, no dia 2 de setembro, que traz o repertório de seu novo disco – Ottomatopeia –, o brasiliense Alberto Salgado (recentemente premiado no Prêmio da Música Brasileira), os paulistas do espetáculo cênico-musical Cabeça (que faz homenagem aos 30 anos do lendário álbum Cabeça Dinossauro, dos Titãs) e encerra do Lô Borges, no dia 03 de setembro. Entrada franca.

Veja a programação completa de shows.

FONTONA com Kazuo Okubo e Maikon K

A força política da estética e da imagem estará presente na produção da “fotografia de nudez artística com o maior número de participantes na história do Distrito Federal”. A ação foi idealizada pelo artista e jornalista Diego Ponce de Leon.

 

Lugar de Passagem / Foto: Kazuo Okubo

Lugar de Passagem / Foto: Kazuo Okubo

 

No dia 2 de setembro, Kazuo Okubo, fotógrafo brasiliense, registrará uma centena de voluntários nus no Museu Nacional, ao longo de oficina aberta que pensa o protagonismo dramatúrgico da fotografia enquanto parte fundamental de um processo cênico. A oficina conta com a participação de Maikon K, artista paranaense.

O Cena Contemporânea 2017 é realizado com recursos do FAC/ Lei de Incentivo à Cultura do Distrito Federal.

Kady Albuquerque
kadydja@agenteviaja.net
Instagram: @agenteviaja
Twitter: @agenteviaja
Curta facebook.com/AGViaja


Mais posts da coluna Pra ver ouvindo


Booking.com